photo1626923963.jpeg

LITERALISMO - Volume I
Vários autores

Logo LiteralismoPrancheta 2 cópia 2.png

Quando perguntados sobre o que foi o Literalismo, infelizmente não houve consenso. Alguns disseram que era um site ou blog em que se postava textos de escritores ou aspirantes a escritores, outros que o mais apropriado seria tratá-lo como uma espécie de jornal, ou mesmo um folhetim escrito por várias mãos. Alguns sequer se lembraram, e ouviram a pergunta com ar de paisagem. Um ou outro desconsiderou a importância de definir o que foi o Literalismo, embora mencionassem que foi criado como se fosse um movimento.

O Literalismo começou no dia 1 de maio de 2021, e chegou ao fim quase três meses depois, no dia 23 de julho. Nesse livro, encontram-se os seus vinte e cinco textos publicados.

FESTA capa 2.png

FESTA
Matheus Ultra

photo4934090573636282675.jpg

A escrita, a literatura, e a vida, não são formas predeterminadas. Sendo assim, FESTA, é um livro sem gênero definido. Matheus passou por infinitas concepções até alcançar a forma final de sua obra, e sabe-se que, ao relê-la, descobriu um livro inteiramente diferente do esperado. FESTA não é só um livro, é um acontecimento.

Por F. M. Bonato

photo5168151387731765582.jpg

Como pintar um quadro

F. M. Bonato

Felipe.jpg

O que todo jovem autor se pergunta é sobre como escrever um livro. F. M. Bonato, no entanto, deixa as perguntas de lado e simplesmente se põe a escrever. Os críticos, que costumam estabelecer uma distinção entre o plano da forma e o plano do conteúdo, terão que encontrar outros métodos para ler Como pintar um quadro. Composto de textos breves, a obra é completamente aberta e indefinida, um grande laboratório onde o escritor desenvolve as suas experiências com a vida, amor, escrita e morte.
 
Por Matheus Ultra